É possível afirmar com segurança que a redação é o terror da maior parte dos concurseiros.

 

Organizar e expor suas ideias em palavras, usando gramática, ortografia e pontuação corretas representa, para muitos, horas extras de estudo e dedicação para apresentar o melhor conteúdo possível dentro das circunstâncias extremamente estressantes de uma prova de concurso.

 

Antes de entrarmos nas dicas que vão ajudá-lo a encarar esse bicho de 7 cabeças, é importante conhecer os principais erros cometidos pelos concurseiros em relação às redações. Vamos lá?

 

  • Falta de clareza: você pode até ser bom na Língua Portuguesa, mas as pessoas não conseguem compreender o que está escrito ou compreendem de forma totalmente diferente da ideia que tentou passar.

 

  • Não pensa sobre o que está escrevendo e não confere a redação depois de pronta: o pensamento vem em fluxos, mas dificilmente a escrita acompanha tais fluxos. É preciso pensar sobre o que se quer escrever e reler a redação para se certificar que está inteligível.

 

  • Não consegue se ater ao tema: você começa sua redação falando sobre o tema, mas termina falando de algo totalmente diferente.

 

Você se encaixou em um (ou mais) desses três erros principais? Não se preocupe! Nós vamos ajudá-lo!

 

Como escrever uma redação excelente

 

Como acontece com outras disciplinas de estudo, escrever bem pode e tornar um hábito com a prática constante.

 

Observar suas redações e procurar aprender com seus erros já é o primeiro passo rumo à excelência. Basta adicionar a dedicação inerente a todo concurseiro e pronto! Em breve o medo de uma redação fará parte de seu passado.

 

Confira abaixo algumas dicas para escrever uma redação excelente:

 

  1. Leia muito.

 

Na verdade, ler já faz parte da rotina de um concurseiro, não é mesmo? A boa notícia é que isso torna tudo mais fácil: quanto mais você ler, melhor será sua escrita. Atente-se às construções gramaticais e ao desenvolvimento do conteúdo.

Reproduzir esses modelos ao colocar suas ideias no papel contribuem para deixar sua redação de fácil compreensão.

 

  1. Evite parágrafos muito longos

 

Quanto maior for o parágrafo, maior a chance de erros gramaticais e de pontuação. O inverso também é verdadeiro: parágrafos curtos demais demonstram falta de conhecimento do assunto. Para sua referência, escreva sempre parágrafos de 2 a 3 linhas.

 

  1. Cuidado com a repetição de palavras ou uso de jargões

 

Tenha bastante cuidado com o uso de jargões e expressões que são usadas popularmente, como “a nível de”. Além de estar gramaticalmente incorreta, essa expressão empobrece o texto.

 

Faça uso de sinônimos para evitar repetições desnecessárias e o uso de expressões dispensáveis.

 

  1. Siga o padrão: introdução, desenvolvimento e conclusão

 

Há um motivo pelo qual um padrão de escrita é utilizado. Sempre que for escrever uma redação ou dissertação, você deve começar pela introdução.

 

É por intermédio desse elemento que você mostra que entendeu o tema proposto. No entanto, tenha cuidado! A introdução não deve se estender para mais que três parágrafos.

 

É no desenvolvimento que você tem a oportunidade de complementar sua introdução, descrevendo situações e acrescentando detalhes sobre o tema. O importante aqui é ater-se ao tema, sem explicar demais ou de menos. O desenvolvimento não deve ser maior que 6 parágrafos.

 

Logo após o desenvolvimento vem a conclusão. É aqui que você vai encerrar o seu raciocínio. Retome os argumentos de maneira resumida e reafirme a posição sobre o assunto que você assumiu na introdução.

 

  1. Escrever bem não significa escrever difícil

 

Não é usando palavras enormes e difíceis que você fará uma boa redação. O seu texto tem que ser, acima de tudo, claro.

 

Suas ideias devem estar ordenadas, expostas de forma simples, porém de fácil compreensão e gramaticalmente corretas. Se estiver em dúvida sobre como escrever determinada palavra, use um sinônimo.

 

O importante é que seu texto tenha um ritmo, ou seja, um começo (introdução), meio (desenvolvimento) e fim (conclusão).

 

 

Agora é só praticar! Boa sorte!