O Juiz Federal Maurício Lamha, da 3ª Vara Federal do estado do Rio de Janeiro, exigiu que o Ministério da Saúde convoque, até 31 de outubro de 2018, 807 candidatos que foram aprovados em dois concursos realizados em 2009. A determinação aconteceu na última quarta-feira (9).

De acordo com a determinação do juiz, caso o Ministério da Saúde deixe de cumprir a ordem judicial terá de pagar multa de R$1 milhão até a data limite. Se mesmo assim as nomeações não acontecerem, a multa passará a R$5 milhões.

Novo concurso

O magistado também determinou que o órgão realize um novo concurso público para o preenchimento de 1.338 vagas e estabeleceu uma data limite para que o cronograma do novo certame seja apresentado: 3 de dezembro. Caso isso não ocorra, o Ministério da Saúde terá de arcar com mais uma multa no valor de R$2 milhões.

Os concurseiros na área da saúde que desejam ingressar na carreira pública podem começar a se preparar para o processo de seleção em 2019.

Sua aprovação mais perto do que você imagina

EduQC é seu aliado na hora de estudar. Com ele, você consegue organizar o seu tempo de estudo pelas disciplinas que mais precisa se aplicar e ainda testa seus conhecimentos, constantemente, por meio dos Simulados oferecidos pela plataforma.

Quer saber mais? Clique aqui para conhecer a nossa metodologia e baixar GRATUITAMENTE o e-book com os "4 passos para aprovação em concursos".